Disciplina Da Mão Da Palheta

de Tom Hess

Muitas vezes, perguntam-me como é que eu e outros guitarristas somos capazes de tocar muito rápido, sem tocar sujo. Tocar “sweep picked arpeggios” limpo, usando muito ganho (distorção) pode ser um grande desafio. Muitos guitarristas têm dificuldade em impedir que as cordas mais graves soem, enquanto solam nas cordas mais agudas, causando ruído indesejado.

Quando estava começando a aprender a desenvolver uma rápida velocidade de palheta, eu tocava sujo e não fazia ideia em como resolver o problema. Os professores de guitarra, que eu tinha na época, não eram virtuosos e, na realidade, não sabiam tocar rápido e limpo ao mesmo tempo. Felizmente, em 1993, comecei a estudar guitarra com o virtuoso George Bellas, que tem uma técnica de classe mundial impecável. Na minha primeira aula, eu pedi ao George para me mostrar como desenvolveu o seu tocar extremamente virtuoso e tão impecavelmente limpo.

Ao contrário da maioria dos guitarristas que tentam silenciar as cordas mais graves com a palma da sua mão direita, eu uso o polegar da mão direita para fazê-lo. O polegar repousa sobre todas as cordas mais graves, onde quer que a palheta esteja. Aqui está um exemplo: se a palheta está tocando uma nota na corda Si (B), então, o polegar emudeceria as cordas mais baixas Sol (G), Ré (D) e Mi (E). A corda Mi (E) mais aguda seria silenciada por um dos dedos da mão esquerda (geralmente o primeiro dedo).

Treinar a técnica de emudecer com o polegar pode ser frustrante e, às vezes, no inicio, pode parecer anormal. O problema mais comum que os guitarristas / alunos enfrentam é o novo posicionamento da mão direita. Se estás acostumado a silenciar as cordas com a palma da mão, então, pode parecer-te estranho teres de reposicionar a tua mão para que ela fique mais paralela às cordas. A solução é parar de tentar repousar a palma da mão sobre, ou perto, da ponte da guitarra. Isto pode parecer estranho no início, porque não estás habituado a posicionar a tua mão dessa maneira, mas continua a treinar porque em breve isto vai parecer natural.
 
Outro problema comum é emudecer, sem querer, a corda que estás tentando tocar. Isso é causado pelo polegar que, ficando no caminho da corda tocada, a silencia sem querer. Isso geralmente acontece quando o polegar não está centrado na palheta e a ponta do polegar ultrapassa a sua borda, pairando próximo da corda que estás tentando tocar. Se isso acontecer quando estás treinando esta técnica, reposiciona o teu polegar para que ele segure a palheta mais no centro e não ultrapasse a sua borda.

Tocar algumas rápidas e virtuosas linhas pode realmente adicionar fogo e paixão à música, mas, se essas linhas não são executadas correctamente (limpas), não vais obter o efeito desejado. Conseguir disciplinar a minha mão da palheta, e manter o meu tocar limpo, necessitou de muito trabalho inicialmente, mas valeu-me muito a pena, e para ti também pode valer, se trabalhares nisso e não desistires. O meu objectivo inicial era, principalmente, tocar limpo arpeggios, mas, mais tarde, descobri os benefícios de expandir a técnica de emudecer com o polegar a todos os tipos de solo de guitarra. Agora, eu toco sempre dessa maneira. Se decidires implementar esta técnica ao teu próprio tocar, tenta as ideias acima referidas. Se descobrires, depois de praticá-las por algum tempo, que ainda estás tendo dificuldade em aperfeiçoar a técnica, deves considerar a possibilidade de encontrar um professor de guitarra que possa ensinar-ta competentemente. Vê o meu artigo anterior sobre a escolha de um professor; nele, falo sobre como podes encontrar um bom professor, que não precisa necessariamente de viver perto de ti, para ensinar-te.


Find the best guitar lesson online.
 

© 2002-2017 Tom Hess Music Corporation