A Maioria Dos Guitarristas Estão Totalmente Desequilibrados

de Tom Hess


A maioria dos estudantes de guitarra está totalmente desequilibrada em relação às suas habilidades. Aqueles de vós que leram outros artigos meus, sabem que eu não sou um crente no facto de estudar todas as coisas relacionadas à música, nem sou um crente sobre estudar um bilhão de técnicas e estilos diferentes. Como músico e compositor, eu cometo-me ao processo de dominar só as habilidades que eu preciso para alcançar as minhas metas. Como professor de guitarra, eu cometo-me a ajudar os meus estudantes a dominarem qualquer coisa que seja necessária para estes alcançarem as suas metas. Em quase todos os casos, não é importante aprender tudo sobre tudo. Seria agradável fazê-lo mas, simplesmente, não há suficientes horas no dia (ou anos na vida) para dominar tudo.

Uma percentagem significante dos meus estudantes de guitarra já tinha tocado / estudado música durante algum tempo antes de estudarem comigo, muitas vezes tendo estudado com mais do que um professor de guitarra no passado. Em quase todos os casos estes estudantes possuem algumas habilidades promissoras em algumas áreas e estão, severamente, em falta em outras áreas muito importantes. O problema não é que eles estão em falta nesta área ou naquela área, mas que eles estão em falta em algumas que são críticas (ou pelo menos importantes) para o alcance das suas metas. A pior parte é que, muitas vezes eles não se apercebem o quanto estão em falta nestes áreas, nem entendem, completamente, o quão importante é eles serem fortes nestes mesmas áreas. É, em minha opinião, a responsabilidade de todos os professores de guitarra darem ênfase a este assunto aos seus estudantes e trabalhar com eles numa base regular para ultrapassar as lacunas e melhorar os pontos fracos.

Para todos vós guitarristas lendo isto, se já estiverem estudando com um bom professor de guitarra, tenham certeza que ele/ela entende quais são as vossas metas. Se o teu professor de guitarra for bom, ele/ela deveria estar trabalhando contigo nas tuas áreas fracas, e se o teu de professor, não está, não pode ou não vai trabalhar nisto contigo, arranja outro professor. (Baixa o guia GRÁTIS sobre Como Achar E Escolher Um Professor de Guitarra)

A área na qual muitos estudantes são, normalmente, mais fortes é de facto na técnica e as áreas mais fracas são as habilidades auriculares, escrita de canções e improviso. A escrita de canções pode ou pode não ser uma parte das tuas metas, mas não importando qual é a tua meta, é provável que o improviso vá ser uma ferramenta importante da qual vais precisar para alcançares os teus objectivos e de certeza que as habilidades auriculares serão, definitivamente, uma parte crítica de virtualmente todas as metas.

Estar musicalmente desequilibrado pode ser um grande problema por duas razões principais:

  1. As tuas áreas fracas vão sempre atrasar-te, porque não poderás realizar o que precisas sem ser forte em todas as áreas exigidas para alcançares as tuas metas.
  2. As áreas onde uma pessoa é forte não têm a utilidade que deviam ter, sem todas as outras habilidades necessárias ao conjunto. Isto faz com que uma área que é em geral bem forte seja agora medíocre, porque as áreas fortes não podem ser completamente aplicadas.

Aqui está um exemplo relativo ao segundo ponto acima: Vamos assumir que a meta principal de alguém é escrever grandes canções com grandes partes de guitarra solo. Vamos também assumir o seguinte:

As Áreas Fortes Desta Pessoa São: As Áreas Fracas Desta Pessoa São:
Técnica de guitarra solo Conhecimento de teoria musical
Bom vocabulário de acordes Habilidades auditivas (treino de ouvido)
Tocar guitarra ritmo Improviso
Sentido de Melodia Formar (estruturar canções)

É provável que este guitarrista não vá ter problemas para encontrar alguns acordes que soem bem, porque ele/ela sabem uma quantidade boa de acordes, MAS por causa da sua falta de conhecimento sobre como os acordes trabalham em conjunto (fraqueza de teoria musical), será difícil encontrar boas progressões de acordes (combinações de acordes) constantemente. Mais, não ter entendimento sobre teoria fará que seja mais difícil escrever música que esteja em tom e que possa mudar de tom fluentemente. As habilidades auriculares deste guitarrista também são fracas por isso, "ouvir" progressões de acordes na sua cabeça não será fácil. Assim no fim, não significará muito o facto de que esta pessoa saiba muitos acordes porque as suas fraquezas estão restringindo, severamente, a sua habilidade de aplicar o conhecimento de acordes.

Vamos dizer que este guitarrista consegue escrever uma canção e que agora é tempo de gravar / tocar um solo de guitarra por cima da canção. Ele/ela tem uma boa técnica de guitarra solo e um bom senso de melodia. Isto é um grande começo, mas como as habilidades de improviso e auditivas (habilidades auriculares) são fracas, será muito difícil escrever algo que de facto pareça que se ajusta à canção. Com um melhor conhecimento de teoria musical é possível atravessar pelo menos em parte esta lacuna. MAS, no nosso exemplo esta pessoa é fraca em teoria musical. Aqui vemos outro exemplo clássico de como as áreas fortes de uma pessoa não são realmente valiosas desde que estas não possam ser, realmente, aplicadas. É certo que esta pessoa poderia tocar partes de guitarra realmente rápidas e com algum senso melódico, mas se realmente não se ajustar à canção, para que é que servem?

Os exemplos que eu dei acima não são exageros ou extremos, são apenas dois, de muitas, muito comuns situações que realmente ferem a habilidade de alguém em atingir os objectivos e de alcançar preenchimento musical. A maioria dos guitarristas está muito fora de equilíbrio e estão sendo atrasados por isto diariamente. Muitas pessoas ficam seduzidas pelos seus pontos fortes e ignoram as suas fraquezas, só se concentrando em tornar as áreas fortes mais fortes ainda. Tudo o que isto faz, é fazer com que a pessoa fique mais em desequilíbrio, mais frustrada e mais longe da pessoal felicidade musical.


Find the best online lessons for guitar.
 

Forward this article to your friends

© 2002-2017 Tom Hess Music Corporation