Planos NÃO São Objectivos

de Tom Hess


Quem leu qualquer um dos meus artigos relacionados ao assunto de aprender / ensinar guitarra sabe que eu sou muito “objectivo orientado” no meu ensino de guitarra. Antes de eu começar a ensinar ou treinar (sim há diferenças entre os dois), eu sempre começo por perguntar ao estudante quais são as suas metas musicais (a curto e longo prazo). A maioria destes estudantes realmente não tem (ou pelo menos não conseguem comunicar-me) nenhuma verdadeira meta. Por causa disto, eles muitas vezes tinham limitado sucesso quando trabalharam com professores anteriores, e normalmente, até menos sucesso ao tentarem ensinar-se a si próprios. É fácil conseguir que quase todos os estudantes respondam à minha pergunta, "Quais são as tuas metas musicais de curto e longo prazo?" o problema é que eles confundem planos com metas. Na mente deles/delas, estas duas ideias são trocáveis, tendo o mesmo significado.

Um plano é: "algo que alguém faz para conseguir atingir uma meta desejada”, "algo que a pessoa fará para conseguir uma meta desejada”, ou pelo menos, "algo que a pessoa pretende fazer para conseguir uma meta desejada”.

Uma meta/objectivo é: "algo que a pessoa quer alcançar", "algo a pessoa quer atingir" ou "algo que a pessoa quer obter."

No começo pode parecer que estas coisas (planos e metas) são basicamente o mesmo, mas a nuance dos dois significados é na verdade muito diferente. Em termos simples: metas são o QUE, e os planos são o "COMO."

Aqui estão algumas respostas típicas que eu recebo de novos estudantes quando eu lhes pergunto pelas metas deles/delas:

  • Eu quero aprender muita teoria musical.
  • Eu quero ir para uma faculdade de música ou um conservatório.
  • Eu quero me mudar para outra cidade / país onde há mais oportunidades.
  • Eu quero tocar rápido.
  • Eu quero tocar em palco.
  • Eu quero aprender mais sobre a guitarra.

A minha resposta para este tipo de respostas seria frequentemente, porquê? Por que razões queres isto? Se eu puder dar-te estas coisas hoje, o que farás a seguir? Querer qualquer coisa da lista anterior, está bem, mas essas coisas são só ferramentas (ou potenciais ferramentas), agora o que farás com estas ferramentas se as adquirires?

Eu gosto de oferecer às pessoas esta analogia. Vamos dizer que tu e eu (um par de músicos) queremos entrar juntos num negócio como construtores de casas, mecânicos ou biscateiros gerais. Nós investiremos todas as nossas poupanças e talvez faremos um empréstimo bancário, para ter dinheiro adicional e comprar todas as ferramentas que precisaremos (um caminhão, alugar um escritório pequeno, pagamentos de publicidade, pagamento de seguros, etc.). Agora nós temos centenas de ferramentas, então nós deveríamos estar no negócio, certo? Errado! Nós (vamos assumir que ambos) não fazemos ideia sobre como sequer construir uma casa de pássaros simples, sendo assim como podemos nós construir uma casa, ou reparar uma fornalha ou remodelar uma cozinha? Vês, nós gastamos todos os nossos esforços para obter ferramentas e outras coisas que nós precisaríamos, mas nunca investimos nada (tempo ou dinheiro) para aprender a usar todas as ferramentas que nós temos. Não sejas o mecânico que possui todas as ferramentas disponíveis, mas não consegue construir (ou reparar) nada com elas.

Aqui está um excerto de um e-mail que eu recebi recentemente de um guitarrista muito talentoso que mora no Brasil, e que verdadeiramente quer procurar uma carreira na música como guitarrista virtuoso..."obrigado pela amável resposta Mr. Hess e pelo seu interesse na minha meta e informações sobre as suas lições. Eu tenho alguma resposta agora para você. Eu penso sobre querer morar na América numa cidade com grande ambiente musical. Eu quero estar todo o tempo com outros bons guitarristas. Eu não tenho modo em como aprender teoria musical aqui, e eu penso que é importante que eu a domine no futuro. Eu quero ir para uma escola de música podendo assim ter um certificado."

A minha resposta para ele: “ Tu disseste que os teus objectivos são, estudar música numa escola e viver num “ambiente musical”.

"Este tipo de coisas fazem parte dos planos, mas não são verdadeiras metas. Se vieres para os E.U.A. e fores para uma faculdade aqui, o que farás depois de te formares? Ir para a escola é uma grande coisa, mas não é nada além de um plano parcial. É só uma estratégia de meio-termo. Antes de gastares dezenas de milhares de dólares na escola, pergunta-te o que te vês a fazer dentro de 2, 5 e 10 anos depois da faculdade. A resposta para esta pergunta é a tua meta! Viver com a música e entre músicos faz parte de um ambiente e de um plano mas isto também não é uma meta, certo Tu queres mais da vida, mais do que só viver com um grupo de músicos, não queres? Eu também penso que quererás mais do que um pedaço de papel ao término de 4 anos de trabalho árduo, certo? Define para ti o que são exactamente, as tuas outras aspirações maiores."

"Diz-me o que são os teus (vida musical) sonhos. Nós deveríamos trabalhar juntos focando nestes sonhos, não só se concentrando em mudares-te para aqui e encontrares uma escola para teres lições além das minhas. Este é o lugar para começar ANTES de planejares qualquer coisa. Sabe e define o teu resultado de longo termo, então eu posso ajudar-te com estratégias para chegares lá. Na minha opinião, seria um engano fazer planos cegamente sem saber onde está o teu destino. Pensa nisto. É sobre o futuro da tua vida que nós estamos a falar. Uma vez que tenhas clareza de propósito, eu posso começar a ensinar-te."

Depois de vários mais e-mails de um lado para outro nós conseguimos descobrir o que ele realmente queria da música (e da vida). Como provavelmente podes adivinhar, no caso do meu estudante de guitarra brasileiro, a real meta (entre outras) era a de ele se tornar um músico profissional. Claro que, alguns de vós podem ter metas mais simplistas (o que é perfeitamente normal). Seja o que for que na verdade queres, sabe o que é e porque razão queres isto. Depois disto estar claro na tua mente, estarás pronto (esperançosamente com a ajuda de um professor, treinador ou pelo menos um mentor) para começar num planeamento, verdadeiramente eficaz.


Improve your guitar playing now, learn guitar online.

Forward this article to your friends

© 2002-2017 Tom Hess Music Corporation