Escrita De Canções – Parte 3

de Tom Hess


Na Parte 2, eu expandi ideias sobre o início do processo de composição, começando com a melodia e acordes primeiro. Aqui, eu vou entrar em mais detalhes com outros processos de começo, os quais, falei na Parte 1. Provavelmente já descobriste que estes três artigos sobre escrita de canções estão num nível mais avançado do que aquele que é típico ler nos artigos, ou livros de escrita de canções. Se o conteúdo daquilo que vais ler abaixo é profundo demais para o teu entendimento neste momento, não desistas dele, talvez, futuramente, estarás pronto para essas ideias mais avançadas. Se entenderes este material, ótimo! Implementa as ideias na tua música como achares melhor.

Começa Primeiro Pelo Ritmo

Combinações

Combina duas ou mais ideias rítmicas completamente diferentes numa única ideia. Usa dois dos teus padrões rítmicos favoritos e combina-os numa única ideia.

Aumenta Os Valores Rítmicos

Cria um curto padrão rítmico com uma medida de comprimento. Anota-o em papel. Agora aumenta o valor de cada evento rítmico (nota ou pausa). Aqui está um exemplo. Vamos dizer que tens este padrão: Uma semínima, duas colcheias, outra semínima, depois quatro semicolcheias. Agora "aumenta" todas estas notas rítmicas, duplicando seu comprimento.

Muda todas as semínimas para mínimas.
Muda todas as colcheias para semínimas.
Muda todas as semicolcheias para colcheias.

O exemplo acima dá-te agora um padrão rítmico que é mais lento e duas vezes mais longo, mas usando o mesmo número de eventos e exatamente o mesmo padrão (apenas mais lento).

Diminui Os Valores Rítmicos

Este conceito é igual ao acima, só que agora fazes o oposto. Encurtas cada evento rítmico, o resultado é o mesmo padrão, mas com menores (mais rápidos) valores rítmicos. Usando o exemplo acima, tu agora:

Mudas todas as semínimas para colcheias.
Mudas todas as colcheias para semicolcheias.
Mudas todas as semicolcheias para fusas.

Sim, isso é bom. Os exemplos acima são bastante básicos, porque eu disse-te para, ou aumentares para o dobro do comprimento (na seção aumentar), ou cortar ao meio (na seção diminuir). Mas há combinações mais bonitas como a adição de um ponto depois de cada nota ou mudar para ternários. Estas também podem ser feitas com aumento ou diminuição dos valores rítmicos.

Criação Rítmica Destrutiva

Eu escrevi um artigo chamado Criatividade e Expressão (com 2 partes). Na Parte 1, eu escrevi sobre um conceito chamado de "criação destrutiva" que, pessoalmente acho ser um assunto fascinante. Eu, propositadamente, não dei nenhum exemplo deste processo para que as pessoas pudessem refletir sobre o conceito e pudessem pensar em formas originais de como usar a criação destrutiva. Este conceito foi-me extremamente útil enquanto escrevia algumas das muito progressistas ideias rítmicas do meu ~ HESS Opus 2 CD. Eu recomendo a leitura desse artigo antes de leres mais. Aqui está o link: Criatividade e Expressão - Parte 1.

Aqui está um exemplo de criação destrutiva. Faz isto: Pega num lápis, borracha e numa folha de papel. Anota 32 semicolcheias. (num tempo 4/4 serão de 2 medidas de 16 notas constantes). Agora, aleatoriamente apaga 7 (11 ou 14 ou qualquer outro número) semicolcheias. Agora toca o novo ritmo resultante no teu instrumento (também podes fazer isso numa bateria eletrónica, computador, etc). Se não gostares dos resultados, tenta apagar mais ou menos notas, ou altera-lhes a ordem.

Depois de teres uma nova ideia rítmica que te pareça ter potencial, aplica-lhe as outras ideias sobre o ritmo já discutidas. Aumenta os valores rítmicos, diminui, toca-os em retrogressão (tocá-los ao contrário), ou alguma outra combinação destas ideias. As possibilidades são infinitas. Se nenhuma destas ideias parecem estar a ajudar-te, pode ser porque ainda não escreveste uma melodia interessante para esses ritmos. Então, começa a compor novas melodias, progressões de acordes, riffs, etc, para essas novas ideias rítmicas. Em seguida, elas vão começar a vir à vida.

Se gostaste deste artigo, então estes outros também poderão ajudar-te.


Learn to become a more expressive songwriter by studying with me in electric guitar lessons online.

© 2002-2017 Tom Hess Music Corporation