Faz o Teste

de Tom Hess


Se te consideras uma pessoa pessimista, faz-te um favor:  não percas o teu tempo lendo mais.

No meu Programa De Mentor De Carreiras Músicais, numa das primeiras sessões, peço aos meus alunos (como seu mentor) para fazerem um teste muito especial. É uma experiência de abrir os olhos para quem passa por ela (eu vou compartilhar este teste útil contigo daqui a pouco).
 
Antes da minha carreira musical profissional começar, eu tinha andado a perder tempo há anos sem saber por que eu ainda não era um profissional, embora as minhas habilidades na guitarra e de composição já fossem muito desenvolvidas. Havia algo que me faltava, que me impedia de obter o grande sucesso que eu procurava. O problema maior era que eu não estava ciente do que estava faltando. Anos passaram e um grande mentor entrou na minha vida. Este disse-me: "As razões vêm em primeiro lugar; as respostas em segundo". Estas palavras tiveram um profundo impacto em mim quando comecei a desenvolver minha carreira. Tornou-se claro o que eu precisava de fazer (ter clareza e consciência sobre os reais motivos por detrás do que era que eu queria). Antes desta revelação eu não fazia ideia sobre "como" iria desenvolver e sustentar uma grande carreira na indústria da música como um artista de gravação e fazer tournées internacionais como guitarrista. Quando eu tornei claro o meu propósito, fui capaz de me mover em direcção aos meus objectivos com muito mais eficácia.
 
Superficialmente, pode parecer muito simples ou muito óbvio como se pode definir o propósito e as razões por trás de um objectivo final. Eu asseguro-te que não é tão simples quanto parece (como te mostrarei em breve). Eu perguntei e respondi a uma série de perguntas que me fiz, que me levaram ao caminho do "verdadeiro sucesso. 95% do meu objectivo foi alcançado e eu continuo a trabalhar para a realização dos restantes 5%. Com essa nova visão, eu comecei a virar a minha atenção para meus alunos de música (especialmente para os músicos com uma carreira musical em mente, dos quais sou mentor), e sinto-me feliz em dizer que o resultado tem sido óptimo para eles e muito gratificante para mim.
 
Muito bem, se leste até aqui, eu assumo que ainda estás comigo, optimista e de mente aberta. Por favor, pega num folha de papel e em alguma coisa para escrever. (Não tentes fazer o teste na tua cabeça). Tu vais tirar muito mais proveito disto, se conseguires ver as tuas respostas escritas num papel.
  1. Escreve os teus objectivos (por enquanto vamos ficar com objectivos musicalmente relacionados).
  2. Olha para os objectivos que escreveste e escolhe o que é mais importante para ti (este será provavelmente um dos teus objectivos a longo prazo).
  3. Agora que sabes qual é o teu objectivo mais importante, imagina que já o alcançaste. O que é que isto te dá que não tinhas antes? (Anota-o)
  4. Agora que tens isto, o que é que isto te dá e que antes não tinhas? (Anota isso)
  5. Agora que tens isto, o que é que isto te dá e que antes não tinhas? Escreve a tua resposta.
  6. Ok. Agora que tens mais uma coisa que antes não tinhas. O que é que esta outra coisa te vai dar que não tinhas antes? Seja lá o que for anota-a.
  7. Continua seguindo este processo de te perguntares: "O que vai isto dar-me que eu não tinha antes?". Pergunta-te isto quantas vezes for preciso até teres refinado a tua série de respostas e chegares até à resposta fundamental: ao ponto onde já não podes aperfeiçoar as tuas respostas ainda mais.
  8. A resposta final é  o que desejas (mais que qualquer outra coisa). Este é o teu verdadeiro objectivo.
Se tudo isto te parece confuso, aqui está um exemplo para ilustrar como isto funciona. Vamos dizer que o teu maior objectivo é ser rico. Seguindo os passos acima, podia ser parecido com algo assim:
  1. Pergunta: Anota os teus objectivos ou coisas que desejas alcançar.
    Resposta: Eu quero ser rico.
  2. Pergunta: O que é que isto me dá que eu não tinha antes?
    Resposta: Permite-me parar de preocupar com ter dinheiro suficiente para pagar minhas despesas.
  3. Pergunta: Então, agora que eu sou capaz de parar de me preocupar com o pagamento das minhas despesas, o que me dá isto que eu não tinha antes?
    Resposta: Isto dá-me a capacidade de comprar o que eu quiser e fazer o que quero.
  4. Pergunta: Agora que eu tenho a capacidade de comprar e fazer o que quero, o que é que isto me vai dar que não tinhas antes?
    Resposta: Liberdade.
  5. Pergunta: Ok, agora que tens esta nova liberdade, o que vais fazer com ela e que não estás fazendo ou vivendo agora?
    Resposta: Eu não teria que trabalhar e poderia passar mais tempo com as pessoas que eu gosto.
Trending Articles:
Identify Your Guitar Playing Goals
Learn how to identify your goals
for guitar to achieve them faster.


How To Become A Better Guitarist
Discover how to become a better guitarist
with this free mini course.

Achieve Your Guitar Playing Goals
Find out how to reach your guitar
goals faster and more effectively.
Podes ver que, neste caso, o que esta pessoa deseja, mais do que qualquer outra coisa, é passar mais tempo de qualidade com as pessoas que ele / ela se preocupa mais. A riqueza (dinheiro) era simplesmente o veículo (método) que a pessoa escolheu para usar, mas o cerne da questão é tempo, não dinheiro. E o verdadeiro obstáculo não é falta de dinheiro ou de tempo: é a falta de liberdade para passar mais tempo com as pessoas, sem fazer grandes sacrifícios para isso.
 
Apesar de que tornar-se rico é um veículo (método) em perfeitas condições para usar, ele pode não ser o veículo mais eficaz para todas as pessoas. Talvez existam melhores, mais fáceis e rápidas maneiras para alcançar a verdadeira meta de passar mais tempo com as pessoas. E talvez a percebida falta de liberdade não seja o obstáculo real. Existem muitas outras possibilidades que podem ser razões mais válidas e que indicam por que esta pessoa ainda não tinha atingido a sua verdadeira meta.
 
Se tens objectivos distintos relacionados com a música, como seguir uma carreira na musical, percorre a mesma lista de questões de novo e cava fundo para descobrires o que é que realmente  queres. Deves descobrir que as tuas últimas e definitivas respostas são profundas e emocionais necessidades humanas; não coisas materiais externas. Conseguir satisfazer estas necessidades pode não ter nada a ver com música e, na verdade, podes ser capaz de satisfazer as tuas reais necessidades fazendo outra coisa fora do âmbito da música.
 
Agora, olha atrás, para as tuas respostas originais quando fizeste o teste e considera a tua situação actual. Consideremos estas quatro coisas:
  1. O que realmente queres é diferente do que expuseste pela primeira vez no teu objectivo original? Repara como é diferente. Podes ver que o teu objectivo inicial era provavelmente um "veículo" e não um objectivo real.
  2. Considera que o que pode ter parecido o teu principal obstáculo pode não ser realmente o verdadeiro obstáculo.
  3. Repara que a tua velha estratégia (se tiveres uma) pode não ser eficaz no sentido de obteres o que queres, porque ela concentrou-se num único veículo e não no objectivo mais profundo.
  4. Estás no caminho certo?
Leva tempo: Eu não posso dar ênfase suficiente ao ponto de ires ao fundo disto, então, leva tempo a fazê-lo e não te apresses com este trabalho porque isto pode, literalmente, salvar uma vida inteira de arrependimento. No mundo corporativo, é comum ouvir histórias de homens e mulheres de negócios bem-sucedidos que sacrificam muitas coisas na vida para subir na escada corporativa. Depois de muitos anos, eles chegaram ao topo e, finalmente, são capazes de ter uma visão das coisas com uma perspectiva mais ampla dos seus esforços e de tudo pelo qual tanto trabalharam. A tragédia, para alguns, é que a escada que subiam estava encostada na parede errada e, só no final da sua carreira (ou vida), é que eles finalmente, e para seu  grande desgosto, se aperceberam.
 
Isto é uma das razões pelas quais eu faço com que os meus estudantes que querem uma carreira musical passem por este teste. Ele é projectado para permitir que algumas pessoas descubram para si próprias que, talvez, uma carreira musical não é realmente o que eles precisam ou querem na vida. Para eles. Esta é uma experiência de abrir os olhos. Por vezes, cinco minutos antes de passarem por este processo, eles achavam que tinham a certeza de que queriam uma carreira musical. Portanto, é óbvio que as pessoas não devem ir mais longe na busca de uma carreira musical; ao invés, devem mudar os caminhos em direcção ao que realmente importa na sua vida. Seria uma pena subirem a escada errada.
 
No entanto, para aqueles que descobrem que uma carreira musical é realmente para eles, novas possibilidades, oportunidades e competências nascem e reforçam-se a partir da sua clareza de propósito e certeza do destino. Devido a isso, as tuas hipóteses de sucesso aumentam 10.000%!
 
Vai muito além da tua música: Coloca a música de lado por alguns momentos. Eu tenho um último pedido: considera TODOS os aspectos da tua vida - o teu relacionamento com a tua família, amigos, professores (se és um estudante), patrão (se trabalhas), objectivos de carreira, metas pessoais, com o teu criador (se és espiritual ou religioso), etc.
 
Atravessa toda a série de perguntas que eu te dei no teste acima. Observa que, em algumas áreas, podes já estar no caminho certo para a realização pessoal, felicidade e sucesso. Noutras coisas, poderás encontrar-te no caminho errado. É muito mais fácil de conseguires o que realmente queres quando tens clareza total sobre aquilo em  que se baseiam as razões de “por que o queres”. É muito difícil acertar num alvo que não se pode ver.
 
Desejo-te o melhor… sinceramente.
 

Looking for a better way to learn to play guitar? Join me in interactive online guitar lessons.

© 2002-2017 Tom Hess Music Corporation