Consegue Mais Do Teu Treino De Guitarra
8 Passos Para Desenvolver Uma Rotina De Treino Altamente Eficiente

de Tom Hess


Se tu és como a maioria dos guitarristas, às vezes, sentes-te frustrado com a tua maneira de tocar guitarra. Sabes que, para ser um mestre a tocar guitarra, é preciso muito tempo, energia e esforço. Parece uma enorme montanha para escalar, a fim de chegar a níveis altamente avançados de tocar guitarra. São poucas as pessoas que tentam escalar esta montanha e que realmente conseguem isso... mas, se estás realmente determinado a alcançar essa meta, certamente podes fazê-lo!  

O facto é que uma das maiores razões por que tão poucas pessoas se tornam grandes guitarristas, não é por lhes faltar talento, mas sim devido a não saberem todas as coisas que precisam fazer ou praticar, a fim de alcançar o seu objectivo. As pessoas costumam ter coisas, mais do que suficientes, para praticar (excertos, técnicas, exercícios, escalas etc.), mas têm complicações com a criação de um plano geral para terem o resultado que querem.

Levando tua habilidade de tocar guitarra, seja onde for que esteja agora, a exactamente onde sempre sonhaste que poderia estar, no mais curto período de tempo, pode ser feito. Ter um bem estruturado (mas flexível) regime de treino de guitarra é um elemento-chave e primeiro passo para fazer isso.
 
Eu sei... eu sei... tu já ouviste isto antes. Parece 'óbvio'. Então, porque falar de novo sobre isto aqui?
 
Bem, infelizmente, muitos guitarristas têm conceitos errados acerca de uma eficaz e eficiente rotina de treino. Outros tentaram isso durante algum tempo, mas não cumpriram ou já começaram com um ineficaz plano de treino.

Já alguma vez acreditaste em algum dos seguintes mitos?


Eficazes rotinas de praticar guitarra são entediantes, tiram todo o gozo em tocar guitarra.

Eu comecei a meter-me numa rotina de treino de guitarra, mas era difícil cumpri-la.
   
As rotinas de treino são demasiado rígidas e restringem ou limitam na minha criatividade.            

Um regime de treino de guitarra demasiado  estruturado para mim; eu quero a liberdade de me permitir andar à deriva, tocando coisas aleatórias na guitarra.
 
Rotinas de treino para guitarra simplesmente não funcionam. Eu consigo fazer mais progressos sem uma.
 
Não consigo suportar treinar as mesmas coisas da mesma maneira, todos os dias.


Agora pensa nisto:


A verdade é que "más" rotinas de treino realmente SÃO CHATAS! No entanto, uma eficaz, eficiente e flexível rotina tem o poder de transformar totalmente a tua criatividade, maneira de tocar e relacionamento com a música, num período de tempo mais curto. Imagina o quão melhor será a tua vida de guitarrista, depois de alcançares, plenamente, todos os teus objectivos musicais!

Boas rotinas de treino não vão prejudicar a tua criatividade; o oposto é que é verdade, porque tu estás ganhando as ferramentas para te tornares mais criativo... E a sua programação pode incluir “tempo de criatividade” para trabalhares na escrita de canções novas, improvisares, etc.

Não é chato praticar o que diz directamente respeito às mesmas coisas que tu desejas alcançar como guitarrista e músico. Sim, praticar o mesmo exercício durante 30 minutos "é" chato e é por isso que não deves criar uma rotina de treino de guitarra de tal maneira. Queremos criar uma estrutura que funcione, não uma que te leve à loucura.  

Não precisas gastar todo o teu tempo de treino de guitarra num regime fixo. Se tens 90 minutos para praticar, investe 45-60 minutos do teu trabalho no regime de treino de guitarra que tinhas planeado. Utiliza o resto do tempo livre para tocares o que sentires vontade de tocar naquele dia.

As melhores rotinas são as que não são iguais todos os dias. Um bom horário de treino de guitarra deve ser eficaz, eficiente e flexível.


Uma rotina de treino é um guia para a liberdade de seres capaz de tocar o que quiseres! Mas isto não significa que não tenhas espaço para te divertires, seres criativo e que, no processo, gostes de tocar guitarra. A única diferença é que, agora, tu estás gostando mais do processo e melhorando ao mesmo tempo, o que evita tocar guitarra, negligentemente, sem direcção ou sentido de propósito. Como resultado, vais levar muito menos tempo para te tornares no excelente guitarrista que pretendes ser.
 
A melhor maneira de se pensar num plano eficiente de treino é fazer uma analogia com um mapa. Quando te preparas para viajar para algum lugar, primeiro analisas onde estás (Ponto A) e, em seguida, preparas a rota mais directa e eficaz, de forma a chegares, no menor tempo possível, ao teu destino (ponto B).
 

8 Passos para Criar a tua Própria rotina de Treino de Guitarra

Passo 1. Esclarece muito bem quais são os teus objectivos musicais como guitarrista a longo prazo. Cuidado com as distracções... Há uma grande diferença entre os «objectivos a curto prazo» e «distracções».É verdade que as metas a curto prazo devem ser coerentes com as metas a longo prazo. Se não forem, então podes estar simplesmente distraindo-te do que realmente desejas alcançar como guitarrista e músico. Ao criar a tua rotina de treino, concentra-te principalmente em metas a longo prazo.

Passo 2. Faz o balanço entre os teus pontos fortes e as tuas fraquezas relevantes. Tenta transformar os pontos fortes em super-fortes e "apenas" trabalha nas fraquezas que são verdadeiramente «relevantes» para os teus objectivos (ver passo 4 abaixo).
 
Passo 3. Sê realista acerca do tempo que podes treinar todos os dias. Como mencionado acima, podes e deves permitir "tempo livre" no teu horário para aprender, treinar ou fazer outras coisas com a tua guitarra, fora do teu regime escrito de treino de guitarra.
 
Passo 4. Deves Ter de 100% de certeza que conheces realmente todos os elementos musicais que são necessários para atingir os teus objectivos a longo prazo. É necessário ser claro sobre quais destes elementos são os «primários» e quais são «secundários», em ordem de prioridade, para que te concentres neles agora, a fim de alcançares os teus objectivos específicos. Para obteres ajuda, criei um recurso totalmente gratuito que podes utilizar: https://tomhess.net/GoalsManifestation.aspx

Passo 5. Contrariamente à crença popular, a criatividade pode ser ensinada, aprendida e praticada. Inclui sempre desenvolvimento de criatividade no teu regime de treino (ou pelo menos, no teu tempo livre, trabalha nisso).

Passo 6. Aplicação é a chave! Certifica-te que acrescentas tempo, em cada dia, para trabalhar em aplicar as tuas habilidades, mesmo que ainda não as domines! É um grande erro trabalhar somente para dominar qualquer coisa antes de procurar aplicá-la.

Passo 7. Não cries o mesmo horário para cada dia da semana. A tua agenda deve basear-se num maior período de tempo (eu uso uma rotina de treino e aprendizagem de 8-dias para meus alunos - funciona muito melhor, em comparação com uma rotina que se repete a cada dia). Talvez 2 ou 3 dos dias sejam iguais, mas os outros dias são um pouco diferentes (ainda com base nos passos acima mencionados).
 
Passo 8. Cria 3 a 5 regimes de treino de 8 dias diferentes. Utiliza cada um duas vezes (16 dias), antes de trabalhar com o próximo. Tem a certeza de que, quando os criares, cada um se baseia nos primeiros 7 passos acima referidos.
           

Que Vem A Seguir?

1. Compromete-te.

2. Fica comprometido! Segue através do teu plano e vê  a tua maneira de tocar guitarra ficar melhor e mais fácil. Se achares que é difícil ficar comprometido, concentra-te sobre os "motivos" pelos quais definiste objectivos a atingir. Por outras palavras, lembra-te "porque" pretendes atingir estes objectivos, como te vais sentir depois de alcançá-los e como vais ser capaz de ser / fazer / ter o que queres como músico.


Join me now and study electric guitar lessons online.

© 2002-2017 Tom Hess Music Corporation